Saiba como medir a taxa de conversão no e-mail marketing

 Em Email Marketing

O planejamento e a análise de resultados são duas das etapas mais importantes de suas campanhas. A mensuração da taxa de conversão no e-mail marketing, por exemplo, pode dizer muito sobre seus clientes e a eficiência de suas ações.

Não há dúvidas de que o e-mail é uma das ferramentas mais importantes para estabelecer um relacionamento mais próximo com seus clientes e gerar mais vendas.

Entretanto, todos os benefícios são colhidos a partir de uma estratégia bem planejada e segmentada.

Neste post, mostraremos qual é a importância da análise dessa métrica para sua empresa, como mensurá-la e interpretar todos os dados obtidos. Confira!

Qual é a importância da taxa de conversão no e-mail marketing?

A taxa de conversão (conversion rate) mede o quanto suas estratégias de marketing via e-mail são eficientes. Não adianta investir em uma ação que não trará benefícios para o seu negócio.

O e-mail marketing pode auxiliar muito uma empresa a crescer no mercado e fidelizar clientes por meio do envio de e-mails segmentados e com algum objetivo, incentivando uma ação.

Essa ação, por meio de uma landing page, pode propor o download de um e-book, a apresentação de um produto, um vídeo com informações valiosas, entre outras ações que são interessantes para conquistar sua persona.

Mas como saber se os seus conteúdos trazem resultados para a sua empresa?

É por meio da taxa de conversão que você consegue analisar esses detalhes. Ver pelo Google Analytics que seus e-mails são abertos e seus links acessados não é suficiente para medir a eficácia de sua estratégia.

É necessário saber quantas pessoas concluem uma ação diante do objetivo daquele e-mail marketing.

Lembrando que o e-mail marketing também é muito importante para fazer testes A/B e a taxa de conversão atua diretamente nesses experimentos, assim, você pode observar quais formatos e estratégias tiveram os melhores resultados.

Como interpretar esses resultados?

Sendo essa taxa alta ou baixa, ela permite que você faça ajustes em todo o seu planejamento — sempre com o objetivo de aumentar as vendas e fidelizar clientes.

Uma taxa de conversão baixa pode indicar que a segmentação de seu público-alvo não está correta, ou seja, você está se esforçando para atingir os clientes que não são ideais e não se interessam por seus produtos ou serviços.

A partir disso, é preciso rever todo o seu planejamento, refazer uma pesquisa de público-alvo com os clientes atuais e de mercado para definir corretamente o seu target.

Essa métrica também permite que você analise os seus conteúdos com relação ao assunto, linguagem e formato.

Se você envia um e-book para uma lista de contatos correta e percebe uma baixa taxa de conversão, pode ser que esse material não seja interessante para a sua persona.

A partir disso, é preciso rever os interesses, desejos e problemas do seu público-alvo e produzir conteúdos baseados nessas informações, caprichando no call-to-action.

Já se você notou que a abertura de seus e-mails é baixa, pode ser que o assunto deles não seja atrativo, sendo necessário construir frases de impacto que despertarão a curiosidade de seus clientes para abrir aqueles e-mails.

Outro ponto importante a ser observado a partir da taxa de conversão é o horário e período de envio.

É necessário identificar em qual momento do dia o seu público-alvo está mais propenso a abrir e-mails e também qual é o período ideal para dispará-los — sendo de 3 em 3 dias, semanalmente etc.

Isso é muito importante para que você não perca esse lead, enviando muitos e-mails e enchendo a caixa de entrada sem ter nenhuma ação completada.

Caso a sua taxa de conversão no e-mail marketing esteja alta, ótimo! Isso é sinal de que sua estratégia está de acordo com os objetivos do negócio e de seus clientes. Entretanto, é muito importante observar essa métrica de forma constante para acompanhar as mudanças de comportamento e interesses do público-alvo.

Como medir a taxa de conversão?

A taxa de conversão no e-mail marketing pode ser calculada pela divisão entre o número de pessoas que completaram uma ação pelo número de e-mails enviados.

Se uma empresa disparou um total de 3000 e-mails e obteve 30 conversões, pode-se dizer que a taxa de conversão dessa campanha foi de 0,01, ou seja, 1%.

Não podemos classificar esse resultado como uma taxa de conversão boa ou ruim. Isso tudo dependerá das metas e objetivos da organização, nicho de mercado, investimento e lucratividade.

Ou seja, depende do contexto e não se deve compará-la com outros tipos de negócios. Preocupe-se com os seus resultados, buscando sempre melhorá-los.

Algumas ferramentas podem otimizar a mensuração da taxa de conversão, como a do Google Analytics. Ela permite identificar de onde vem o tráfego de seu site ou landing page, ou seja: por qual canal de comunicação as pessoas encontraram suas páginas.

Assim, você saberá exatamente quantas pessoas completaram uma ação a partir de um e-mail marketing para efetuar o cálculo da taxa de conversão.

A ferramenta Mailbiz também pode ser útil. Além de automatizar o envio de e-mails, a ferramenta apresenta uma série de análises a respeito de suas campanhas.

Essas análises dizem respeito à taxa de abertura, links clicados, engajamento e performance geral — e auxiliam a sua empresa a melhorar a segmentação e aumentar as vendas.

Entretanto, você só terá uma boa taxa de conversão se investir em campanhas e canais de comunicação de qualidade. É muito importante que seu site, landing page e e-mail tenham um design agradável, carreguem rápido e sejam responsivos.

Eles precisam se adaptar a qualquer tipo de plataforma, principalmente ao mobile, visto que inúmeros usuários atualmente acessam o e-mail e/ou efetuam compras por meio de smartphones e tablets.

E não se esqueça: sempre produza conteúdos segmentados, que atendam às necessidades de seus clientes. Assim, você terá ótimos resultados a partir de estratégias digitais.

Neste post você aprendeu a importância da taxa de conversão no e-mail marketing e como mensurá-la. Quer saber como melhorar os seus resultados? Confira em nosso blog 5 dicas para aumentar a taxa de conversão do e-mail marketing!

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

mobile e-mail marketingEngajamento no e-mail marketing })(jQuery);