Teste A/B no e-mail marketing: como e por que fazer

 Em Email Marketing

É fato que o e-mail marketing ainda é um canal muito eficiente para aumentar as vendas quando utilizado de forma estratégica. Apesar de ser muito usado por empresas de diversos segmentos de maneira equivocada, o e-mail pode trazer resultados extraordinários para o seu negócio.

Com o excesso de informações, os consumidores de hoje precisam de conteúdos que façam a diferença na vida deles, ou seja, não basta que a sua mensagem contenha ofertas atrativas, a relevância é um atributo fundamental, caso contrário, o seu e-mail cairá facilmente na caixa de Spam e isso não é nada bom!

Sabemos que muitos elementos são responsáveis pelo sucesso de uma campanha e entre eles estão: a frequência de envio, o layout da mensagem, a qualidade da sua lista de contatos, o conteúdo e o teste A/B. Hoje vamos falar desse teste que é decisivo na conquista de resultados positivos com o e-mail marketing.

Muitas vezes, o seu e-commerce perde oportunidades incríveis de gerar negócios pela ausência de uma visão analítica sobre as campanhas realizadas. No entanto, é possível melhorar as taxas de conversão de forma consistente fazendo o teste A/B no e-mail marketing.

 

Mas, afinal, o que é o teste A/B?

O teste A/B consiste na criação de duas ou mais versões distintas para a mesma campanha que são enviadas para uma amostra da sua lista de contatos. Desse modo, você poderá testar diferentes características nos seus e-mails para perceber qual mensagem obteve mais resultados. A sua ferramenta de email marketing é que deve disponibilizar este recurso e é ela quem vai comparar o desempenho entre as versões do teste, enviando para o restante da lista apenas a versão vencedora.

O objetivo desse teste é identificar com facilidade quais estruturas precisam ser alteradas no e-mail ou na página de destino para aumentar o número de conversões.

 

Por que utilizar o teste A/B no e-mail marketing?

A oportunidade de analisar a performance de cada e-mail é essencial para garantir excelentes resultados com a sua campanha. Afinal, como apenas a versão vencedora no critério que você definir (aberturas ou cliques) será encaminhada para toda a sua base, a probabilidade de acertar se torna muito maior.

Sem aplicar o teste A/B torna-se mais difícil analisar com precisão qual e-mail teve mais receptividade com o seu público. Além disso, você identificará facilmente por meio desse teste quais elementos devem ser alterados na sua peça e, dessa forma, economiza tempo e otimiza o retorno sobre o investimento.

Nenhuma constatação pode ser tão precisa quanto ouvir o seu próprio público. O feedback desse teste é vem diretamente  das pessoas que lhe interessam, por isso deve ser levado muito a sério.

Além disso, cada vez mais a tecnologia vem sendo utilizada para tornar a experiência do usuário mais agradável – de maneira mais personalizada – e, com isso, as chances de gerar negócios são muito maiores!

 

Quais elementos avaliar em um teste A/B?

Comece selecionando uma amostra da sua lista de contatos que receberá o Teste A/B. Indicamos que esta amostra seja entre 20% e 25%.

Supondo que você irá testar duas versões em cada teste, veja abaixo algumas variáveis interessantes de serem testadas:

    • Assunto: utilize um tom mais formal em um e um tom mais pessoal no outro, por exemplo, para fisgar a atenção do leitor em poucos instantes. O assunto precisa ser sedutor para atrair as pessoas rapidamente, então pense em uma chamada irresistível. Também vale testar assuntos muito curtos (menos de 40 caracteres) comparando com assuntos mais longos (acima de 50 caracteres).

 

    • Conteúdo: teste o conteúdo da peça com imagens distintas e cores diferentes para os botões call to action (“chamada para ação”, em português) para descobrir a preferência do seu público. Também é possível testar padrão de fontes, cores de fontes e até mesmo o uso de GIF animado comparando com outra peça sem a animação.

 

  • Remetente: outro ponto interessante de ser testado é o remetente das campanhas. Você pode comparar usando o nome da empresa em uma versão e o nome de uma pessoa da empresa na outra. Por exemplo:Remetente da Versão 1: Minha Empresa
    Remetente da Versão 2: João, da Minha Empresa

 

Como realizar um teste A/B?

Praticamente todas as ferramentas de email marketing possuem o recurso de Teste A/B. Na nossa ferramenta de email marketing é muito simples aplicar um Teste A/B.

Primeiro você escolhe a amostra da base que receberá o teste e em seguida o critério vencedor (maior taxa de abertura ou maior taxa de cliques). Em seguida, você define por quanto tempo os resultados serão monitorados. E no fim, é só adicionar as versões e agendar o disparo!

Quais métricas analisar?

Outro aspecto de suma importância para avaliar se a sua campanha obteve resultados positivos, é saber quais as métricas mais relevantes. Nem tudo que pode ser medido é válido para o seu negócio, então defina os principais indicadores de resultado, que podem ser:

  • Taxa de abertura
  • Taxa de cliques
  • Taxa de descadastro
  • Links mais clicados
  • Quantidade de conversões obtidas

 

Modifique a sua campanha e aumente as conversões

As conversões representam qualquer tipo de ação que você espera que o usuário realize por meio do e-mail marketing. Seja baixar um e-book, comprar um produto, solicitar orçamento, entre outras possibilidades, o objetivo é sempre que o seu público interaja com a sua mensagem e faça uma conversão. Por isso, avalie os dados fornecidos por cada uma dessas métricas e altere os elementos-chave para que a sua campanha seja um sucesso!

Por meio dessas informações será possível concluir qual a melhor versão do e-mail marketing que poderá ser disparada para toda a sua base de leads de maneira efetiva.

Uma das vantagens que o marketing digital oferece é que tudo é mensurável e o seu negócio pode adaptar uma campanha em tempo real para potencializar os resultados, diferentemente do que acontece no universo off-line. Então aproveite para extrair todo o potencial que o universo on-line oferece para aumentar as vendas da sua loja virtual.

Muitos empreendedores ainda cometem erros terríveis ao imaginar que para elevar as conversões da sua loja virtual será preciso fazer mudanças profundas nas práticas de marketing. Por vezes apenas a mudança de cor do botão “Comprar” ou testes simples de performance, trazem mudanças expressivas no volume de conversões.

Por isso, o teste A/B é imprescindível para qualquer e-commerce que pretende aumentar o desempenho em engajamento e vendas. Ainda tem dúvidas sobre a importância de utilizar o teste A/B no e-mail marketing? Fale com a gente e deixe o seu comentário aqui no post!

Leia também este artigo: Engajamento: a arte de transformar clientes em fãs

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

erros de e-mail marketingopt-out-no-email-marketing-entenda-sua-importancia