Por que seu cliente se descadastra do e-mail marketing?

 Em Boas práticas, Email Marketing

Utilizar o e-mail marketing no e-commerce, como a gente sempre lembra, é muito benéfico para os negócios porque gera engajamento, cria e reforça a relação com o cliente, aumenta o tráfego nos seus outros canais de comunicação e gera vendas. Porém, se você não usar essa plataforma com cuidado e respeitar o consumidor, é bem provável que isso leve ao descadastro da sua lista – o que impacta diretamente as suas vendas.

Para evitar que isso ocorra, cada empresa precisa encontrar a melhor forma de se conectar com a clientela, descobrindo seu perfil, desejos e necessidades. Entretanto, há, sim, alguns motivos principais que o levam a deixar de querer manter o contato com o seu negócio. 

Leia mais: 
>> 10 práticas para potencializar a entregabilidade do e-mail marketing 
>> O que é o funil de vendas e como usá-lo no e-mail marketing? 

O que leva a se desinscrever no e-mail marketing 

Segundo pesquisas do Hubspot e do MarketingSherpa, algumas das razões que levam o seu cliente ao descadastro, ou opt-out, da lista de e-mail marketing são o recebimento de e-mails com muita frequência, conteúdo desinteressante, foco apenas em vendas e promoções que estão igualmente ofertadas em todos os outros canais da empresa, como redes sociais e site. 

Entenda os principais motivos que levam os consumidores a cancelar a assinatura do e-mail e como evitar que isso ocorra:

Recebimento muito frequente 

Para mais da metade dos clientes, e-mails que chegam na caixa de entrada diariamente ou semanalmente podem ser incômodos, sendo este o principal motivo da desinscrição. Entretanto, muitas empresas continuam enviando conteúdo com uma frequência que extrapola o que o consumidor deseja.

Como evitar? 

É preciso encontrar um equilíbrio. Os clientes gostam de recomendações de produtos e serviços que estejam de acordo com seu perfil, apenas é preciso ter atenção e planejamento nos disparos. Além disso, caso seu negócio reduza muito o envio de e-mail marketing, também não irá gerar conversões suficientes para compensar os descadastros. 

Afinal, sabemos que nem sempre é possível atingir ótimas taxas de abertura e evitar completamente o opt-out. Inclusive, a taxa de descadastro está mais relacionada à relevância do conteúdo do que propriamente à frequência de recebimento dos e-mails. Por isso, capte novos contatos e sempre escolha adequadamente os temas das campanhas. 

E para identificar qual é a frequência certa para cada cliente, você pode conferir a sua plataforma de e-mail marketing, verificar as taxas de abertura, clique e conversão – mensagens pouco abertas indicam que você pode estar enviando muito conteúdo. Além disso, faça uma pesquisa junto à sua clientela para entender suas expectativas. 

Conteúdo repetitivo e desinteressante 

Outro motivo que leva o usuário ao opt-out do e-mail é o recebimento de conteúdos repetitivos e desinteressantes. Mas o que é, de fato, um material interessante para o cliente? A resposta é simples: é aquele que engaja, encanta, atrai e converte. Cada pessoa vai ter um tipo que mais a atrai (guias, blog posts, cupons de desconto, mega promoções, programa de fidelidade), mas cabe a você descobrir quais são os gatilhos do seu consumidor. 

Como evitar? 

Ao conhecer seu cliente, você saberá o que e como entregar, independentemente do conteúdo. Utilize os dados disponíveis do consumidor para construir listas de segmentação para os diferentes tipos de perfis. Digamos que você tem um e-commerce de roupas. Você pode segmentar sua lista por faixa etária, gênero, estilo. Ou, ainda, por temas, como dicas de moda, paletas de cores, acessórios, de forma a contemplar adequadamente os gostos de todos. 

Lembrando que a segmentação é, sim, muito importante para sua campanha de e-mail marketing, mas é fundamental que ela esteja alinhada à sua estratégia de vendas. Afinal, de nada adianta fazer um envio segmentado se a oferta não estiver relacionada a um produto de qualidade. Para isso, aposte na curva ABC. 

>> Ainda não conhece ou quer saber mais sobre a curva ABC? Não deixe de ler: 4 dicas para aumentar taxa de cliques e conversão do e-mail marketing 

Mensagens focadas em vendas 

Sim, um dos objetivos do e-mail marketing é gerar vendas. Porém, há formas de fazer isso sem ser tão explícito. Afinal, a insatisfação com o recebimento de conteúdo puramente de anúncio é citada por 19% dos clientes.

Como evitar? 

Ao enviar um conteúdo focado em conversão, você pode incluir outro tipo de material, como links do seu blog, vídeos, e-books, que tragam informações mais aprofundadas e os benefícios do produto em questão – de um vídeo tutorial até um guia interativo. Ainda tem a opção do storytelling, que apresenta uma história ao cliente capaz de incentivá-lo a fazer a compra sem uma mensagem explícita. 

Promoções iguais em todos os canais  

Receber anúncios e cupons promocionais iguais em todos os canais da marca (e-mail, redes sociais, WhatsApp) tem grandes chances de despertar no consumidor o desejo de descadastro do e-mail marketing. Segundo o HubSpot, 28% dos compradores assinam o e-mail porque querem receber notificações sobre conteúdos promocionais – isso significa que a clientela busca encontrar algo diferente do que é ofertado pela concorrência. 

Como evitar? 

Pense na jornada de compra do cliente, que irá acessar o site do seu negócio, fornecer informações pessoais (nome, telefone, e-mail) para se inscrever na lista de e-mails da sua marca. Então, quando recebe um cupom na caixa de entrada, percebe que é igual àquele do Facebook, da televisão e do jornal. Essa situação é, no mínimo, frustrante. 

Portanto, para evitar gerar decepção no consumidor, prepare descontos e cupons especiais para o e-mail, algo que leve o cliente a realmente clicar no botão de CTA (call to action) e fazer a compra com um sorriso no rosto e a certeza de que vale a pena integrar a sua lista de e-mail marketing. 

O consumidor decide fazer a inscrição na sua lista de e-mails, principalmente, porque busca um diferencial, sejam materiais interessantes ou descontos. Portanto, o ato de descadastro é um sinal de que o seu negócio não está entregando o que ele deseja. Lembre-se que, mais do que um canal de vendas, o e-mail marketing é um meio de criar conexões humanas e verdadeiras. Cupons promocionais podem gerar lucro em curto prazo, mas a fidelidade do cliente é conquistada a partir de conteúdo honesto, humano e personalizado. 

>> Veja também: E-mail personalizado influencia cliques e conversão 

Se gostou desse artigo, continue acompanhando nosso blog e fique por dentro das nossas novidades, com dicas e conteúdo especializado em e-mail marketing! E entre em contato com nossa equipe de especialistas para que possamos apoiar o crescimento do seu negócio.

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

Poder do conteúdo na estratégia de marketing digital4-dicas-para-aumentar-taxa-de-cliques-e-conversao-do-e-mail-marketing