Por que e como usar GIF animado no e-mail marketing

 Em Cases de Email Marketing, Email Marketing, Tendências

ARTIGO ATUALIZADO EM 07/01/2020

Todos que trabalham com e-mail marketing sabem o quão difícil é instigar a curiosidade do público para gerar conversão em cliques. Já pensou em fazer isso com GIFs animados?

Pois bem, saiba que eles podem ajudar muito a destacar os pontos mais importantes da campanha sem torná-la pesada. E a boa notícia é que o formato é amplamente aceito entre os provedores de e-mail.

 

Preparamos um guia sobre o assunto, começando pelas vantagens do uso de GIFs. Confira:

 

1. Movimento gera atenção

 

Somos mais atraídos por movimentos do que por informações estáticas. Uma pesquisa publicada pelo site Pokreni revelou que apenas 20% da informação lida é retida, ao passo que 90% do que é transmitido pelo cérebro é visual.

Este fato é relevante o suficiente para que você insira um GIF no começo da sua campanha de e-mail. A tendência é que, ao ver uma animação interessante, a pessoa absorva todo o conteúdo e tenha uma melhor compreensão da informação.

 

2. GIFs conversam com seu público

 

Muitas pessoas estão acostumadas a ver GIFs frequentemente, seja em sites de humor ou em mídias sociais. Os populares memes são, muitas vezes, reproduzidos em GIF.

Ou seja, incluí-los em suas campanhas significa acompanhar esta tendência e tende a gerar uma maior identificação com o público. Conheça seus clientes e descubra o que está em alta com eles, isso pode ser o diferencial para lembrarem da sua marca.

 

3. Ele ainda é pouco usado no e-mail marketing

 

Ainda vemos poucos GIFs nas campanhas de e-mail. Aproveite esta chance para se destacar e fazer diferente dos seus concorrentes, trazendo uma surpresa positiva para o público.

 

4. É fácil compactar informações

 

Por causa da natureza mais sucinta do GIF, fica mais fácil apresentar um produto complexo com alguns poucos quadros em sequência, em vez de colocar várias imagens uma ao lado da outra, que necessitariam de grande espaço na campanha.

Além disso, por compactar tudo no GIF, a atenção do leitor fica em apenas um ponto da tela e não se dispersa por toda a peça para encontrar o que precisa.

Agora, veja algumas dicas para a criação dos GIFs:

 

Foque na leveza

Uma pesquisa divulgada pela empresa Return Path revela que, aproximadamente, 55% dos e-mails são abertos em smartphones. Por isso, deixar a mensagem leve deve ser uma preocupação constante.

Portanto, ao incluir GIFs animados, tente não ultrapassar os 70KB de tamanho em cada imagem. E se for um botão animado, tente não ultrapassar 15KB.

 

Escolha os elementos certos

Os GIFs são preferidos em relação a vídeos para uso no e-mail porque podem ser mais leves e são amplamente aceitos nos softwares de e-mail. Porém, ele não é “naturalmente leve”.

É importante usá-lo apenas para pequenas animações, com cores, setas e palavras, sem criar animações complexas, que sejam baseadas em muitas fotos. Você até pode usar fotos, mas deve escolher entre duas ou três imagens de baixa resolução para montar a animação, tudo para manter o arquivo pequeno.

 

Use com moderação

Usar GIFs animados pode se tornar uma armadilha, se você abusar. Não adianta transformar a campanha em uma árvore de Natal piscante, pois isso pode causar repulsa em quem lê. 

O ideal é focar em uma animação na imagem destaque da campanha, aquela que contém o produto principal. Ou, então, fazer algumas pequenas animações em pequenos botões espalhados pela tela, como nos selos de desconto ou nos botões de “Comprar” ou “Conferir”.

 

Seja sucinto

Com o tempo médio de 15 a 20 segundos que é dedicado para ler um e-mail, busque ser sucinto na animação. Exiba rapidamente o que deseja e deixe o Call to Action claro e acessível.

 

Use serviços online para começar

Ainda não sabe como criar GIF animado? Não se desespere. Existem serviços online que podem ajudá-lo na tarefa. Não deixe de experimentar o Gifpal, Gickr e Make a Gif. Confira, também, este tutorial sobre criação de GIFs no Photoshop.

 

Faça testes e acompanhe os resultados

Nunca esqueça que novas práticas devem ser sempre testadas quando implementadas. Faça testes A/B para comparar a diferença entre os cliques obtidos em uma campanha com GIF animado e em outra apenas com imagens estáticas. Teste diferentes tipos de animação e descubra quais agradaram mais ao público, visando a criar uma “linha própria” de animações para as campanhas futuras.

 

 

Inspire-se!

Veja, abaixo, alguns exemplos de GIFs animados usados em campanhas de e-mail marketing fora do Brasil, onde o seu uso já é mais comum:

 

 

 

 

gif_1

gif_2

gif_3

gif_4

 

Agora que você já sabe como usar GIF animado no e-mail marketing, mãos à obra! E não deixe de entrar em contato com a Mailbiz, pois, além de adicionar GIFs facilmente ao seu e-mail marketing com a nossa ferramenta, ainda temos as melhores soluções para apoiar a estratégia da sua campanha.

Comentários
  • Samantha

    Muito obrigada! Esclareci muitas dúvidas, excelente publicação.

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

como-causar-uma-primeira-boa-impressao-no-email-marketingemail-marketing