O que é spamtrap e como tratá-lo

 Em Email Marketing

Quem se apoia nas vantagens do e-mail marketing para a promoção de produtos e serviços deve sempre se manter o mais longe possível da classificação de spammer. Você sabe o que é spamtrap e como tratá-lo? Nesse post vamos falar sobre isso no detalhe.

Caso ainda não saiba, enviar mensagens a quem não optou por recebê-las é algo capaz de danificar substancialmente a imagem de uma marca.

Os provedores de e-mail estão constantemente em busca de novas maneiras de coibir a prática de spam na internet, já que prejudica seus usuários e compromete a usabilidade dos seus servidores. Uma das técnicas usadas por eles para detectar remetentes que enviam mensagens não solicitadas é o spamtrap.

Para permanecer em um caminho de bons resultados com envios de e-mail, você deve saber o que é spamtrap e como tratá-lo, afinal, sua empresa não quer ficar conhecida como spammer. Confira o post que preparamos e saiba como se prevenir.

O que é spamtrap?

Trata-se de uma armadilha criada para identificar quem envia spam. Existem 2 tipo de spamtrap. Um deles é o que chamamos de puro ou pristine. Esse tipo de spamtrap são aqueles criados pelos provedores de e-mail, sem divulgação em nenhum lugar e sem os cadastram em qualquer serviço. Então, nenhuma mensagem deveria chegar até eles, certo? Exceto pelo spam.

Portanto, os provedores têm a certeza de que todo IP e endereço de remetente que envie mensagens para esses e-mails de armadilha podem ser classificados como spammers.

O outro tipo de spamtrap é o reciclado ou recycled, que são os e-mails convertidos em armadilha a partir de contas inativas, ou seja, e-mails que ainda existem mas que estão com um longo período de inatividade. Provedores como Hotmail e Gmail cuidam muito de perto, diariamente, quem está atingindo spamtraps em seus envios, sabia? Portanto, você precisa ficar de olho nessas duas possibilidades.

Como se trata de uma prova bastante substancial, o provedor pode banir aquele servidor de enviar mensagens para seus e-mails, cortando o seu alcance substancialmente. E se não banir, ele irá reduzir sua reputação como remetente, fazendo com que a grande maioria de suas mensagens caia na pasta SPAM ao invés da caixa de entrada.

Como se prevenir contra o spamtrap?

A única maneira de garantir que a sua empresa está livre do spamtrap é garantindo a implementação das boas práticas de envio de e-mail. E a primeira delas é ter certeza ABSOLUTA de enviar mensagens somente para quem passou pelo processo de opt-in. Ou seja, só envie para quem pediu para receber de você. Qualquer coisa fora disso, é SPAM e você será punido pelos provedores!

Na pressa de contar com uma audiência vasta o quanto antes, muitas empresas ainda buscam comprar listas com vários e-mails. Essas listas incluem contatos de gente que nunca expressou interesse na marca e, obviamente, estão repletas de spamtrap. Usar esse tipo de lista é uma forma de danificar sua reputação gravemente e arranhar a imagem da sua empresa.

As chances de ter um endereço que seja spamtrap em sua lista de contatos aumenta consideravelmente se você tiver o hábito de adquirir listas prontas. Ou seja, esse é mais um motivo para você JAMAIS pensar em comprar listas de e-mail.

Contudo, mesmo que você utilize suas listas próprias 100% opt-in, ainda é possível que elas possuam spamtraps do tipo reciclado, sabia? Sim, isso é possível caso você não tenha o hábito de segmentar constantemente os contatos ativos e inativos da sua base.

Por isso, é recomendável que a cada 6 meses você exclua da sua lista todos os contatos que ficaram 6 meses ou mais sem abrir nenhuma de suas campanhas. Esta é a única maneira de garantir que sua lista está livre de spamtraps reciclados.

Quais os próximos passos?

Garantir uma boa gestão da sua lista de e-mails é algo essencial não só para se ver longe de spamtrap como também para se certificar de que está impactando uma audiência legítima e realmente interessada no conteúdo da sua empresa.

e-mail marketing é um canal extremamente poderoso para as marcas atingirem o público certo para os seus interesses, mas somente quando bem utilizado. Mantenha-se utilizando boas práticas para obter sucesso sempre.

Se você gostou do post e ficou com alguma dúvida referente ao spamtrap, ou quer compartilhar suas experiências no assunto, deixe seu comentário no post.

Se quer aprender mais sobre como atingir a caixa de entrada, baixe agora nosso e-book Como entregar e-mail marketing na caixa de entrada !

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

timthumb.php-8timthumb.php-4 })(jQuery);