6 cuidados importantes com a logística do e-commerce

 Em E-commerce

Quem administra uma loja virtual sabe muito bem que alguns elementos devem sempre funcionar perfeitamente, afinal, qualquer complicação causará algum problema no seu negócio.

Pensando nisso, vamos falar aqui sobre um deles: a logística.

Confira agora 6 cuidados importantes com a logística do e-commerce!

1. Tenha um bom operador na logística do e-commerce

Um profissional qualificado poderá contribuir consideravelmente para os processos logísticos do seu e-commerce. Conforme as especificações de seu produto, esse colaborador avaliará o melhor meio para o envio, seja por correios ou transportadoras.

Assim, por meio de sistemas de informações e recursos, ele também poderá controlar, planejar e programar a movimentação de mercadorias, identificando possíveis perdas ou retrabalho.

O profissional também atua nas negociações com outros setores para apontar formas de envio mais baratas e rápidas, sem perder qualidade no atendimento aos clientes.

2. Escolha um bom canal de distribuição

Escolher o melhor canal de distribuição é muito importante, pois isso pode garantir que seu produto esteja no local e no momento certo.

Esse tipo de escolha reflete na redução dos custos de armazenagem, transporte e perdas com mercadorias manuseadas de maneira incorreta, aumentando sua lucratividade e atraindo novos clientes.

3. Trabalhe com fornecedores confiáveis

É interessante não ter apenas um fornecedor, pois a falta de opções faz com que aceitemos todas as condições estabelecidas sem poder negociar. Portanto, tenha em mente que garantir diversas alternativas ajudará no crescimento do seu negócio.

Também procure lidar com fornecedores confiáveis e que não deixem você na mão quando acontecer algum imprevisto. Um erro bem comum de empresas de e-commerce é não pensar no alcance de suas marcas e, com isso, descumprir os pedidos por falta de estoque, comprometendo todo o negócio.

4. Integre o pessoal envolvido na cadeia de suprimentos

Quem deseja uma boa administração da cadeia de suprimentos deve garantir a integração das projeções de vendas feitas no planejamento estratégico do negócio a outras etapas, como a estruturação de operações e produção, custos orçamentários, investimentos e fluxos de caixa, garantindo assim um único plano de ação completo e conciso.

5. Controle o estoque

O seu estoque precisa estar preparado para atender às diversas demandas planejadas ou não. Dessa forma, calcule uma produção que supra uma demanda, sem que você deixe essa reserva abarrotada.

Então faça o estudo do seu mercado, analisando o desempenho do seu empreendimento em períodos anteriores para otimizar suas previsões. Entre em contato com seus fornecedores e até mesmo compartilhe com eles dados sobre o seu estoque e demanda — a fim de evitar possíveis erros.

6. Faça parcerias com Centros de Distribuição

Quando falamos em Centros de Distribuição, lembramos de grandes investimentos. Entretanto, a verdade é que fechar parcerias com eles viabiliza a redução de custos com transportes.

Além disso, essas alianças estratégicas permitem que as empresas sejam mais competitivas, pois aumentam a agilidade das entregas e a qualidade do serviço prestado.

É necessário avaliar cada aspecto do processo para eliminar os custos de movimentação e atrasos. E claro, sem perder de vista a preservação da mercadoria e o bom atendimento ao cliente.

E aí? Gostou do nosso post sobre os 6 cuidados importantes com a logística do e-commerce? Que tal continuar a leitura aprendendo sobre as 5 ferramentas fundamentais para quem tem uma loja virtual?

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

Mensure as Vendas do E-mail Marketingcomo-diminuir-o-abandono-de-carrinho-no-e-commerce })(jQuery);