Gestão de estoque com o auxílio de um ERP

 Em E-commerce

Fazer a gestão do estoque no varejo é essencial, seja para loja virtual ou física. Saber exatamente a quantidade de produtos disponíveis auxilia na hora das compras e também evita problemas na hora das vendas.

Ter o controle sobre os estoques é um desafio para as empresas, mas o registro centralizado das movimentações de entrada e saída de produtos é uma boa solução. O ERP é uma ferramenta que permite o lançamento de estoques e ainda gera relatórios para que seja mais fácil tomar decisões.

Para entender mais sobre como o ERP pode ser um aliado no seu negócio, separamos algumas funcionalidades e relatórios que geralmente são encontrados no sistema.

Registro de entradas e saídas de mercadorias

Com o uso de um ERP, as entradas e saídas de mercadorias são registradas no sistema, assim não é preciso utilizar planilhas. Conforme a configuração do ERP, os lançamentos podem ser feitos de forma automática, facilitando seu trabalho e economizando tempo.

Na hora das compras, ao incluir a nota fiscal no sistema, os estoques podem ser lançados automaticamente. O mesmo acontece na hora das vendas. Quando um produto for vendido, a baixa de estoques é feita e os estoques se mantêm atualizados.

Esta otimização no processo também evita erros relacionados ao estoque. Imagine incluir uma venda e esquecer de baixar os estoques dos produtos vendidos? As quantidades disponíveis ficam erradas, prejudicando quem vai comprar mais mercadorias e também quem está vendendo, pois um produto que não tem mais disponibilidade pode acabar sendo vendido.

Integração com os canais de venda

Quem vende no e-commerce sabe que um dos maiores cuidados é com o estoque disponível. Caso um cliente compre um produto sem estoque, será preciso cancelar a compra, o que prejudica a reputação da loja e a experiência de compra.

Por isso, o indicado é utilizar um ERP para cadastrar os produtos e controlar os estoques. Estes cadastros podem ser enviados para diferentes plataformas de e-commerce e marketplaces para que os produtos sejam vendidos. Neste caso, os estoques se mantêm atualizados a partir das movimentações no ERP.

A integração é fundamental, pois é complicado atualizar cada canal de venda sempre que os estoques mudam. Quando uma compra de mercadorias ou a venda de itens é realizada, a movimentação de estoques no ERP é espelhada em todos os canais de venda conectados, evitando erros relacionados às quantidades disponíveis.

Relatórios gerenciais de estoque

Para facilitar as análises, o ideal é contar com relatórios precisos sobre a situação do estoque. Com eles, o responsável pode verificar com precisão e tomar as decisões adequadas. Veja alguns relatórios importantes no dia a dia das empresas:

Controle de estoques

Pode ser utilizado para verificar as quantidades em estoque e também para auxiliar na conferência dos itens. 

Inventário

Com o relatório de inventário, o vendedor pode corrigir possíveis erros de estoque para que fiquem corretos no sistema, o que é importante na hora das compras e das vendas.

Controle de lotes e validades

Importante para controlar principalmente os produtos perecíveis de uma empresa. Assim, na hora das vendas, o seller consegue enviar ao cliente os produtos com validade mais próxima, mas que ainda podem ser consumidos ou utilizados. 

Necessidade de compras

Auxilia a empresa a ter uma melhor visão do que precisa ser comprado, levando em consideração a demanda das vendas. Dessa forma, o responsável pelas compras evita adquirir produtos que não têm muito giro e que ocasionam custo de mercadoria parada.

Giro de estoque

É um indicador que informa a rotatividade dos produtos em determinado período. Com ele, a empresa evita a compra de produtos que não tem boa saída, evitando grandes saldos em estoque. Ainda, pode ser utilizado para avaliar os produtos com menor giro com a ideia de criar promoções, inclusive para a Black Friday.

Controle os estoques da operação

As quantidades disponíveis de estoque interferem nas compras e nas vendas da empresa, por isso merecem atenção especial. Fazer a gestão dos produtos de forma correta é essencial para que não sejam adquiridos produtos que não têm giro, ou para que não haja ruptura, ou seja, falta de estoque para as vendas.

Para auxiliar na tarefa, use um ERP que centraliza as informações de estoque. Na hora de escolher, opte por algum que permita diversas automatizações para que facilite o seu trabalho e otimize o tempo. Assim, você pode profissionalizar mais a rotina do seu negócio.

Comece a digitar e aperte Enter para buscar