Conheça as melhores práticas de design para e-mail marketing

 Em Email Marketing

Mesmo com tantas ferramentas modernas, o e-mail marketing continua sendo um dos meios de comunicação mais eficientes e usados nos dias de hoje. Ele é um item muito importante na estratégia de comunicação de um produto ou serviço, permitindo a segmentação e a entrega direta para o destinatário.

Diante disso, criar um bom design para e-mail marketing é uma prática essencial para o sucesso de qualquer campanha. No meio de tantas ofertas no mercado, o layout deixou de representar apenas uma simples preocupação com o visual e passou a ter as funções de causar impacto, capturar a atenção do cliente e despertar o interesse do público pela oferta.

Você sabe como desenvolver um e-mail marketing eficiente? A seguir, selecionamos para você algumas dicas para a construção de materiais ricos. Confira!

1. Fique atento à estrutura

A primeira dica diz respeito à estrutura do e-mail marketing. É importante que ele seja construído de forma que fique legível tanto no desktop quanto no celular ou tablet. Por isso, com tanta diversidade nos tamanhos dos aparelhos, trabalhe com layouts responsivos. Eles se adaptam às diferentes telas e evitam que a exibição seja prejudicada.

Outro ponto a se pensar diz respeito à quantidade de colunas. Evite layouts com 3 delas, pois os blocos de conteúdo podem ficar muito ruins de visualizar quando exibidos em dispositivos mobile.

2. Aposte no HTML

Pode parecer bem mais prático e rápido criar o e-mail em uma única imagem e dispará-lo para sua base. No entanto, não trabalhe dessa forma para evitar que as taxas de entregabilidade e visualização das campanhas sejam prejudicadas. Hoje, os provedores possuem bloqueios contra essa prática e priorizam as mensagens construídas em HTML. Além disso, é essencial fatiar a peça em diversas imagens para que seja possível linkar cada uma delas para um endereço diferente.

Para criar o e-mail marketing adequado, cuide também a quantidade de textos e imagens. Use imagens, mas se possível, aplique também textos ao longo da peça.

3. Use o conceito “above the fold”

Ao receber um e-mail, é comum que seja preciso usar a barra de rolagem para visualizar todo o conteúdo. Para um melhor resultado, no entanto, é muito importante que as informações essenciais sejam colocadas na primeira “dobra” do e-mail (a área visível antes da rolagem). Esse conceito é chamado de “above the fold”.

A ideia principal é que o topo do e-mail seja relacionado à promessa feita em seu assunto. Com isso, o destinatário não se frustra e é menor o risco de abandono da leitura. Outro item que também deve estar presente nessa área é o Call to Action (CTA). Esse é o próximo assunto do qual vamos falar.

4. Insira um Call to Action

Um Call to Action, ou simplesmente CTA, corresponde ao botão de chamada que leva o destinatário a uma ação. Além do e-mail marketing, eles estão presentes também em sites e landing pages.

Um CTA é sempre focado em uma conversão e deve ser óbvio em seu objetivo. Se você deseja que o destinatário compre algo, preencha um formulário ou abra um site, por exemplo, precisa deixar sua intenção bem clara. Além disso, é ideal que esse botão sugira certa urgência e apresente uma linguagem imperativa que incentive a ação.

Quanto ao design, o CTA deve ter destaque e estar bem nítido no e-mail marketing. Cores chamativas são interessantes, desde que estejam alinhadas à identidade visual usada pela sua empresa.

5. Use as fontes certas

A fonte é um elemento muito importante no design para e-mail marketing. Ela deve ser legível e priorizar a comunicação por meio de palavras.

Para evitar que a mensagem seja desconfigurada, use somente as opções comuns, instaladas em todas as máquinas. Escolha no máximo dois tipos diferentes. Dê atenção especial ao tamanho, para que a leitura seja confortável: use 14 para textos longos e 16 para os conteúdos mais curtos.

6. Tenha cuidado com as imagens

Como já falamos anteriormente, as boas práticas indicam que o e-mail marketing não deve ser elaborado em uma única imagem. Como referência, o mercado recomenda entre 60% para textos e 40% para fotos ou ilustrações.

Tenha cuidado também para que as imagens sejam leves e de alta qualidade. E-mails com arquivos pesados abrem lentamente e prejudicam a experiência do leitor.

Vale lembrar que fotos e ilustrações não se limitam a explicar seu produto ou serviço. Elas são capazes também de despertar emoções e manter um relacionamento com seu cliente.

7. Invista nas cores

Cores e texturas chamam a atenção e despertam o interesse. Para uma boa harmonia, eleja duas cores principais e explore alguns tons delas em todos os seus e-mails marketing. Essa repetição reforça sua marca e garante um reconhecimento rápido a cada nova mensagem recebida.

Essas dicas sobre cores valem não somente para marcas já estabelecidas, mas também para as que ainda estão começando e precisam ganhar espaço na mente dos clientes.

8. Reavalie o conteúdo

Agora que você pensou nos principais elementos e montou seu e-mail marketing, faça uma reavaliação do conteúdo. Algumas vezes, itens previstos na ideia original podem não ter tanta importância no resultado final. Há algo que pode ser eliminado? Aqui, o importante é ser conciso.

Aposte no poder da síntese e reduza ao máximo o tamanho do e-mail marketing. Acredite que cada palavra acrescentada representa uma chance a mais dele ser excluído ou simplesmente ignorado.

9. Faça testes

Pronto! Você analisou todos os pontos e elaborou o e-mail marketing perfeito. Agora é hora de enviá-lo para seu mailing.

Antes do disparo, há uma última recomendação importante: faça testes! Envie a mensagem para alguns destinatários e confira a visualização em diferentes navegadores e webmails.

Teste no Chrome, no Firefox e no Internet Explorer. Veja como o conteúdo é exibido no Gmail e no Hotmail, por exemplo. Com esse cuidado, você evita surpresas desagradáveis que prejudiquem a assertividade de sua comunicação.

Outra recomendação é usar e abusar do Teste A/B. Com ele, você poderá descobrir qual versão da campanha apresentou maior taxa de cliques e, assim, aos poucos entenderá o que funciona melhor para sua audiência.

Com essas dicas, finalizamos o post de hoje. Esperamos que você tenha gostado. Aproveite para curtir nossa página no Facebook e ficar por dentro das novidades sobre design para e-mail marketing!

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

Criando campanhas que convertemo-que-e-e-como-usar-alt-text-nos-seus-emails })(jQuery);