Como fazer e-mail marketing eficiente

 Em Email Marketing

Qualquer empresa que deseja otimizar as vendas da loja virtual precisa saber como fazer e-mail marketing eficiente. Sabia que, ao invés de enviar o mesmo conteúdo para todo mundo, disparar as mensagens certas para as pessoas certas é uma ótima maneira de melhorar os resultados?

Segundo uma pesquisa feita pela Direct Marketing Association (DMA), essa estratégia gera um ROI de 3.800%. Ou seja: a cada real investido, o retorno é de R$ 38,00. Além disso, 92% dos usuários de internet usam e-mails e a maior parte deles faz isso diariamente.

Endereços eletrônicos são extremamente pessoais, não custam quase nada e a entrega é instantânea. Por isso, ter uma ou várias listas de contatos permite que você envie conteúdos personalizados para clientes de vários perfis e preferências diferentes.

Para saber mais, confira estas dicas que selecionamos para você começar agora mesmo a montar uma estratégia que traga grandes resultados.

Defina objetivos e metas

O que você pretende conquistar com as ações de e-mail marketing? Quem é o seu público? O seu objetivo será informar, vender, educar, enviar materiais ou, quem sabe, um pouco de tudo? As suas decisões são norteadas com base nessas definições.

Outro ponto que deve ser levado em consideração são as metas. Estabeleça números realistas e alcançáveis. Em vez de querer abraçar o mundo com as mãos, coloque metas menores e comemore cada conquista.

Por exemplo, para uma empresa que possui listas ainda pequenas, gerar 100 cliques por semana pode ser um número interessante. Por outro lado, uma empresa que possui uma lista de 50.000 contatos, deverá ter metas muito mais audaciosas de aberturas e cliques. Apenas cuide para não criar metas “fora da realidade”. Observe o histórico dos últimos meses e defina metas desafiadoras, mas que sejam possíveis de serem alcançadas. O problema dos números surreais é que eles causam frustração e, no final, mais atrapalham do que ajudam.

Estabeleça a frequência e organize um calendário de envio

Uma estratégia de e-mail marketing de sucesso pressupõe uma frequência fixa de envios, ou seja, uma Programação Mensal e Semanal. Muitas empresas optam por começar fazendo um disparo semanal e testam a aceitação de mais campanhas aos poucos.

Falando sobre lojas virtuais, considere enviar campanhas para suas listas de contatos ativos de 2 a 3 vezes por semana. Contudo, você deve incluir em sua Programação algumas campanhas direcionadas apenas para segmentos específicos. Por exemplo: no seu negócio, não faria sentido enviar campanhas com produtos diferentes direcionadas ao gênero dos clientes (masculino e feminino)? Ou então para quem já comprou produtos de determinada categoria, enviar produtos daquela categoria novamente? Ou quem sabe você pergunta por quais categorias e/ou marcas sua audiência mais se interessa? Tendo estas respostas, fica fácil segmentar na ferramenta de e-mail marketing e enviar conteúdos distintos para estas pessoas.

Lembre-se que contatos com alto engajamento com você estão pre-dispostos a receber até mais do que 3 e-mails por semana! Já uma parte dos contatos irá se desengajar se receber conteúdos que não sejam relevantes para seus interesses.

Enfim, para que todos os seus conteúdos sejam enviados em ordem e no tempo certo, é preciso criar uma Programação (ou calendário). Assim, é possível programar a criação das campanhas com antecedência, preparar os segmentos, otimizar horários, criar um fluxo de produção de layouts e programar os envios de modo que nunca falhem os dias e horários planejados.

DICA: baixe nossa Planilha de Programação Mensal do ano de 2017 para começar agora mesmo!

Capriche na linha de assunto do e-mail

O e-mail deve ser atraente do início ao fim — a começar pelo título no campo assunto. Ele é tão importante que é objeto de estudo de especialistas, que fazem incansáveis testes para descobrir o que faz com que um converta mais que o outro.

Essa preocupação tem uma razão de ser. Afinal, a linha de assunto é capaz de persuadir o usuário a abri-la ou influenciar para que ele não abra. Por isso, demore o tempo que for necessário para elaborar um assunto interessante, que desperte a curiosidade da sua audiência.

Lembre-se de que, para acertar na linguagem apropriada para o seu público, é preciso conhecê-lo bem. Isso inclui faixa etária, preferências, estilo de vida e outros. Sem saber as características dele, fica difícil promover uma identificação com a sua marca!

Planeje a peça com criatividade e cuidado

A peça, ou seja, o “corpo” do e-mail, é a parte que deve cumprir com o que foi prometido no assunto. Trabalhe para que isso seja de fato cumprido. Cuide para que o texto seja claro e bastante objetivo.

Se for utilizar imagens, opte por aquelas que dialoguem com o conteúdo, sem desviar a atenção do leitor. Aproveite a oportunidade para inserir links ou convidar a pessoa para alguma ação, como curtir o perfil da empresa nas redes sociais ou outros.

No caso das lojas virtuais, uma boa peça promocional deve conter imagens de qualidade e atrativas sobre os produtos anunciados. Considere incluir sempre fontes com tamanho grande, pois cerca de metade da sua audiência deve visualizar o e-mail em um dispositivo móvel. Também priorize criar peças com coluna única ou no máximo 2 colunas, visando também a compatibilidade com os smartphones.

O CTA (call-to-action) são os botões que devem fazer parte do seu layout e chamar para uma ação efetiva. Faça diversos testes com os textos e as cores do CTA para identificar a quais deles sua audiência responde melhor. O recurso Teste A/B é um ótimo aliado para esta tarefa!

Envie peças amigáveis aos dispositivos móveis

Hoje, o computador pessoal perdeu espaço para o celular e a internet está na palma da mão. Junto com essa revolução, nasceu a necessidade de adotar um layout amigável aos dispositivos móveis ou responsivo, no qual as imagens e o texto se encaixam automaticamente em qualquer tipo de dispositivo móvel.

Para o usuário é extremamente frustrante acessar um e-mail e não conseguir ler o que está escrito nele. Nesse sentido, é fundamental fazer com que a mensagem seja otimizada para abertura em smartphones.

Assim, as chances de converter em vendas é muito maior. Criar peças responsivas exige mais conhecimento técnico em codificação HTML, mas pode ser muito recompensador. Contudo, caso você não tenha este conhecimento, é possível criar peças que sejam amigáveis aos dispositivos móveis, mesmo sem serem responsivas. Na Mailbiz, possuímos mais de 20 modelos prontos para e-commerce que já são amigáveis aos smartphones!

Tome cuidado com práticas consideradas amadoras

E-mails que contêm imagens pesadas são mal vistos pelos provedores de internet e podem ser considerados como spam. Muitas pessoas, ao desconhecerem esse fato, montam um layout muito pesado, com imagens que levam muito tempo para carregar. O problema é que o usuário não vai ficar esperando ele abrir e os provedores de e-mail, como Hotmail e Gmail, perceberão isso vão punir você como um mal remetente, reduzindo sua reputação e assim aumentando suas chances de entregar na pasta “spam” nos próximos envios.

Ou seja, a prática mais recomendada é adotar um template leve, com várias imagens leves ao invés de uma única. Como existem diversas opções, o ideal é escolher um modelo para cada tipo de finalidade. A newsletter tem o objetivo de informar, o e-mail promocional tem foco em vender produtos, e por aí vai.

Outro erro comum é querer disparar as mensagens para toda a base de contatos por meio de softwares como MS Outlook ou pelo webmail da empresa. Isso demanda um tempo enorme, além de não trazer resultados relevantes, pois estas ferramentas não foram projetadas para enviar e-mail em massa. Existem ferramentas específicas que fazem esse trabalho com muito mais qualidade!

Descubra agora porque você deve usar uma ferramenta de e-mail marketing.

Busque ajuda de uma consultoria

Gerenciar uma operação eficiente de e-mail marketing exige tempo, conhecimentos e habilidades. É preciso conhecer bem o seu negócio e o seu público para enviar o conteúdo certo, na hora certa.

Para que os resultados sejam satisfatórios em um prazo menor, o ideal é contratar uma consultoria especializada em e-mail marketing. Uma empresa especializada irá auxiliá-lo a organizar toda a rotina do e-mail marketing e a executar estratégias muito mais avançadas, como por exemplo criar fluxos de campanhas automáticas e deixar o software trabalhando por você.

Também é possível realizar testes para descobrir a melhor versão para sua estratégia, exportar relatórios e integrar e-commerce com a ferramenta, entre outras funções. Tudo isso com ajuda de profissionais qualificados, que orientam o passo a passo das etapas.

Gostou de saber mais sobre como fazer e-mail marketing eficiente? Basta buscar conhecimento nos lugares certos e desenvolver uma estratégia inteligente, usar a criatividade para produzir conteúdos úteis para elas e monitorar os resultados.

Somos a Mailbiz, especialistas em resultado com e-mail marketing. Conduzimos seu negócio a um significativo aumento de engajamento e vendas. Entre em contato com um de nossos consultores se estiver precisando de melhores resultados!

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

4-metricas-para-avaliar-uma-campanha-de-email-marketingemail-marketing-tudo-que-voce-precisa-saber })(jQuery);