6 tipos de e-mail marketing para alavancar seus resultados

 Em Email Marketing

O e-mail vem se consolidando como uma ferramenta importante nas estratégias de marketing de diferentes setores. No entanto, não basta mandar qualquer mensagem para os clientes. É preciso entender suas características e fins específicos para atingir de maneira correta o seu público-alvo.

 

Leia também:

>> CONHEÇA 11 FORMAS INFALÍVEIS PARA DIVULGAR SEU E-COMMERCE

>> COMPRAR LISTAS DE E-MAIL: VALE A PENA?

>> GATILHOS MENTAIS NO E-MAIL MARKETING

 

Assim, antes de qualquer ação é necessário que a marca se faça algumas perguntas: “Qual tipo de conteúdo meus clientes gostariam de receber?”, “Qual mensagem a empresa quer passar?” e “Que tipos de conteúdo funcionam?” são algumas delas. Analisando essas questões e suas respostas, ficará mais fácil  identificar o e-mail marketing ideal para seu plano de negócio.

Conheça 6 categorias poderosas para você se inspirar:

 

1. E-mail promocional

O e-mail promocional não precisa ser obrigatoriamente para vender um produto. Nessa categoria, o foco é a conversão para uma oferta, que pode ser um produto, serviço, conteúdo grátis, condições exclusivas ou outros. 

Nessa categoria é recomendável utilizar gatilhos mentais, como a escassez, urgência ou curiosidade. Com pequenas chamadas do tipo “o desconto acaba em 24 horas” ou “o gerente enlouqueceu” você desperta mais rapidamente no consumidor o desejo de interação e aumenta as chances de atingir os objetivos da campanha. 

No entanto, é essencial analisar quais clientes serão atingidos. Avalie informações sobre hábitos de consumo e conversões anteriores, por exemplo, para desenhar personas e definir mensagens personalizadas. Aqui, a segmentação é ponto-chave para o sucesso dos envios.

 

2. Newsletter

Esse, geralmente, é o primeiro passo para quem está começando no e-mail marketing: disponibilizar conteúdo desenvolvido pela empresa.

Os disparos de newsletter podem ser feitos para toda a base ou apenas para quem demonstrou interesse pelo material em alguma plataforma específica, sem diferenciação de status no processo de compra (como ser ou não ser cliente). Sendo assim, os conteúdos precisam ser variados, a fim de oferecer valor para todos os destinatários.  

Além de ferramenta de relacionamento da marca, as newsletters periódicas também permitem usar as informações de consumo de conteúdo para qualificar os contatos da sua base. Isso possibilita o aprimoramento das segmentações e da definição de melhores abordagens do público.

 

3. Mensagens sazonais

Quem não gosta de receber uma mensagem de feliz aniversário ou de Natal? Esse é justamente o objetivo dos e-mails sazonais: fazer com que os clientes e prospects se sintam queridos pela marca. 

Para uma ação consistente de e-mails sazonais é importante estar atento às datas comemorativas e também a possibilidades de personalização. Também é recomendado apostar em textos curtos e imagens bem elaboradas para enviar sua mensagem sem exigir muito tempo de quem está lendo. 

 

4. E-mails transacionais

A automação hoje é item obrigatório quando falamos de estratégia de e-mails. E, quando falamos de disparos transacionais – programados para serem enviados logo que uma ação específica como, por exemplo, o preenchimento de um cadastro ocorrer – isso é essencial. 

Esse tipo de e-mail deve ser usado para informar sobre determinado processo, mas é também uma forma de aproximação da empresa com seu público-alvo. Confirmações de pedidos, novas inscrições nas redes sociais, mudanças de senhas, entre outros, são momentos que exigem o contato, abrindo uma porta para o reforço do posicionamento e do discurso da marca.

 

5. Pesquisa e feedbacks

É impossível conhecer 100% do gosto e das particularidades dos seus clientes. Mas, a exigência atual de personalização e oferta de experiências de marca exige que a empresa esteja sempre em busca de novas informações sobre seu público-alvo de uma forma geral e seus clientes em particular. Nessa perspectiva, o e-mail marketing pode ajudar como canal para o envio de pesquisas de opinião e comentários, que podem ajudar a montar futuras estratégias de  disparos.

No entanto, é preciso ter em mente que a livre adesão a esse tipo de ação é sempre muito baixa. Por isso, para acelerar a captação de dados, vale oferecer algo em troca, como descontos na próxima compra ou vantagens na contratação de um serviço. 

 

6. Reengajamento

Contatos inativos são aqueles que deixaram de interagir com suas campanhas de e-mail ou que deixaram de comprar em seu e-commerce há algum tempo. O reengajamento desses contatos é uma estratégia vantajosa por dois motivos:

  • Ao deixar de enviar e-mails para sua lista inteira, retirando os contatos inativos dos envios mais frequentes, você estará economizando dinheiro;
  • Ao retirar eles da sua base principal, você terá melhores Taxa de Abertura e de Cliques, o que irá elevar sua reputação perante os provedores de e-mail, aumentando as chances de entregar suas próximas campanhas na caixa de entrada.

 

Caso você possua dados de compra dos seus clientes, pode também trabalhar reengajamento de recompra (oferecendo o mesmo produto dentro de uma janela pré-estabelecida de consumo) ou de ofertas complementares (em que você envia ofertas de coleira para o cliente que comprou ração para cães).

Então, se você reconheceu possibilidades de campanhas de e-mails para o seu negócio, é hora de investir em tecnologia para colocar suas campanhas em prática. 

 

Conheça a Mailbiz e descubra como podemos te ajudar a impactar cada vez mais pessoas.

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

6-estrategias-de-e-mail-marketing-para-vender-mais-na-black-fridaycomo-reter-clientes-e-vender-mais-com-e-mail-marketing