6 estratégias de e-mail marketing para vender mais na Black Friday

 Em Email Marketing

Uma das datas mais esperadas do ano pelos varejistas, a Black Friday hoje antecipa as compras de Natal e movimenta o mercado em um período que antes era considerado estagnado. Em 2019, as promoções acontecerão no dia 29 de novembro e lojas físicas e e-commerces já começam a planejar suas estratégias para alavancar as vendas.

Segundo pesquisa da GFK, empresa de estudos de mercado, as vendas desse ano deverão crescer 4%, chegando à marca de R$13,5 bilhões gastos em bens duráveis. Mas, como esse montante é gasto em poucas horas, com um alto volume de compras por impulso, é importante iniciar a estratégia comercial para data com antecedência, preparando o consumidor para lembrar da sua empresa no momento de fechar o negócio. 

Nesse cenário, o e-mail marketing é uma arma potente para atingir o público-alvo de forma certeira. Confira 6 estratégias para potencializar suas vendas na Black Friday usando esse canal:

 

1.Prepare sua base de e-mails para a data

O primeiro passo para usar o e-mail marketing para potencializar as vendas na Black Friday é preparar a sua base de e-mails. É preciso captar endereços eletrônicos de pessoas interessadas na data e também despertar o interesse de quem já disponibilizou seu contato em outro momento. Para isso:

  • Crie áreas de entrada, como pop-ups e landing pages, em que seu público pode se cadastrar para receber informações sobre as promoções com antecedência.
  • Planeje campanhas no modelo teaser para a base atual, gerando expectativa sobre as vantagens que serão oferecidas na data.  
  •  Use ambas as ações para segmentar o público, desenhando ações específicas de acordo com o comportamento de cada contato. Por exemplo, quem se cadastrou para receber novidades, mas nunca comprou na loja, pode receber e-mails com desconto adicional para a primeira compra.

 

Leia mais:

>> Como entregar e-mail marketing na caixa de entrada

>> 5 formas de personalizar as campanhas de e-mail marketing

 

2. Não tenha medo da Black Friday

Muitos varejistas têm medo de gerar interesse na Black Friday e, com isso, reduzir as vendas no mês de novembro como um todo. Entretanto, se o público não souber o que o espera no seu site, com certeza irá primeiro para a página da concorrência. 

Por isso, tão logo tenha a definição de sua participação, comece a usar seus e-mails para avisar os clientes. Cerca de 30 dias antes da data, use um banner em todas as mensagens no modelo “save the date”, linkando para a landing page para poder mapear o interesse de sua base. 

Mais perto da Black, cerca de 15 dias antes, comece a anunciar o espectro dos descontos oferecidos (até 60%, entre 20 e 40%) e, se houver necessidade, é possível anunciar também os descontos por tipo de produto, como por exemplo, ‘Informática com 60% off’. Seguindo essa linha, cerca de 7 dias antes, é possível começar uma série de e-mails com contagem regressiva e, 2 dias antes, iniciar o anúncio dos produtos com mais apelo de venda. 

 

3. Use os gatilhos mentais da escassez e da urgência

Nós compramos por dois motivos: porque precisamos de algo ou para aproveitar uma oportunidade, ou seja, de forma não planejada. Nesse último caso, o segredo é entender os gatilhos mentais que levam seu público a comprar por impulso. 

No caso da Black Friday, a maior parte das compras são definidas por nosso senso de escassez e urgência. Por isso, explore em suas campanhas de e-mail um discurso que mostre a possível falta dos itens e a necessidade do consumidor aproveitar o pouco tempo das promoções.

 

 

4.Tenha uma estratégia própria para envio de e-mails na Black Friday

No tão esperado dia dos descontos, é importante que suas promoções estejam na caixa de entrada dos seus contatos. Nosso conselho é que sejam enviadas pelo menos três mensagens avisando sobre os descontos oferecidos. 

Uma mensagem logo na virada do dia, uma no começo da manhã e outra durante a tarde são essenciais para lembrar seu público sobre as condições especiais e gerar acessos ao site. Linhas de assunto com o nome da promoção (Black Friday) e o desconto máximo oferecido funcionam muito bem. No último e-mail do dia, gatilhos como “está acabando” e “ainda dá tempo” costumam ter ótimas margens de conversão para o site. 

 

5. Ofereça algo a mais por e-mail

Produtos com descontos não faltam na Black Friday. Então que tal usar o e-mail para oferecer um “extra”? Um cupom de frete grátis para compras acima de determinado valor ou até mesmo um brinde negociado com um fornecedor são ótimas ações para promover a fidelização e ganhar o carinho do consumidor. Além disso, essa estratégia valoriza sua entrega de e-mails, fazendo com que seus clientes fiquem atentos toda a vez que uma mensagem sua chegar na caixa de entrada.

 

 

6. Use o e-mail para o pós evento

Se você comunicou bem suas ofertas de Black Friday, a tendência é acabar o dia sem estoques e com o faturamento de um dia igual ao de todo o mês de novembro. Entretanto, sua estratégia de e-mails pode ser usada para continuar com as promoções no sábado e domingo. Nesses dias, você pode usar as mensagens para oferecer os produtos de curva B e C, por exemplo, que mesmo com descontos não foram um sucesso de vendas. 

Outra possibilidade é anunciar por e-mail promoções da Cyber Monday, em que os descontos são válidos apenas para o mercado digital. Ainda pouco conhecida no Brasil, a data está crescendo e já gerou faturamento de R$ 372 milhões em 2018, no Brasil.

 

Gostou das dicas? Acompanhe o blog da Mailbiz e acerte em cheio nos resultados de suas campanhas de e-mail marketing.

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

6-tipos-de-e-mail-marketing-para-alavancar-seus-resultados