4 dicas para aumentar taxa de cliques e conversão do e-mail marketing

 Em Boas práticas, Email Marketing

O e-mail marketing ainda é um dos canais mais usados pelas empresas para se comunicarem com seus clientes e também escolhido por 72% dos consumidores como o melhor canal para receber informações de negócios e marcas, segundo a MarketingSherpa

Para o e-commerce, o e-mail é uma ferramenta capaz de gerar vendas, se for bem planejado e executado. Entretanto, para que isso ocorra, é preciso adotar práticas que resultam na taxa de cliques e conversão, sendo que ambas estão intimamente ligadas, pensando que, se o tema e o produto não forem atrativos para o seu cliente, ele não irá nem clicar no e-mail e muito menos realizar a compra. 

Leia mais: 
>> Comprovado: e-mail personalizado influencia cliques e conversão 
>> 5 dicas para aumentar a taxa de cliques no e-mail marketing 

Estratégias para melhorar seus resultados 

Motivos para investir tempo e estratégias no e-mail marketing não faltam. Por exemplo, sabemos que o e-mail é 40 vezes mais efetivo para conquistar novos clientes do que redes sociais, segundo o Campaign Monitor. Além disso, 99% dos consumidores checam suas caixas de entrada diariamente, podendo chegar a 20 vezes por dia, conforme o DMA Insights – o que torna o e-mail presente na vida dos consumidores e, logo, com ótima possibilidade de conquistar clientes. 

Porém, boas taxas de cliques e conversão não são alcançadas sem planejamento, testes e gatilhos que direcionem os consumidores a comprarem algo. Assim, é fundamental planejar sua campanha, escolher as melhores palavras e chamadas de CTA, bem como garantir que os e-mails estejam acessíveis em formato mobile.

Elencamos algumas dicas para atingir melhores resultados nas suas campanhas, confira: 

  1. Curva ABC 

A campanha de e-mail marketing precisa alinhar o produto adequado ao cliente certo. Portanto, para escolher quais produtos irão entrar nesses disparos de e-mail, você precisa identificar aqueles que são vendidos com maior facilidade – essa decisão precisa ser feita com base em informações concretas, sem achismos.

É aí que entra a curva ABC, uma estratégia que classifica os produtos entre itens com alta demanda ou consumo (A), intermediário (B) e baixo (C). Desta maneira, os produtos podem ser classificados da seguinte forma:

  • A: 20% dos itens representam 80% das vendas; 
  • B: 30% dos itens representam 15% das vendas; 
  • C: 50% dos itens representam 5% das vendas. 

Ao aplicar a curva ABC no seu e-commerce para compreender quais produtos vendem mais (A e B), você descobre exatamente quais deles têm mais chances de cativar os clientes, impulsionar a taxa de cliques e, consequentemente, a conversão. Além disso, também conhece os menos vendidos (C), que representam quais produtos são elegíveis para promoções e cupons de desconto, o que ajuda a aumentar sua taxa de vendas. 

  1. Testes A/B 

Ainda que sempre sugerimos as melhores práticas para o seu negócio, baseadas no nosso conhecimento, cada e-commerce tem um público próprio, que é atingido de diferentes maneiras pelo e-mail marketing. É aí que entra o teste A/B, no qual você cria campanhas diferentes para o mesmo produto ou serviço e confere qual apresentou melhores retornos. 

Por exemplo, em uma versão da campanha, você dispara e-mails com a imagem do produto e o preço. Na outra, apenas o texto e o preço. Ou, ainda, realiza testes com outras cores, imagens sem preço, textos sem preço, com ou sem um botão de CTA (call to action). As opções de combinação são muitas, mas a escolhida deve ser aquela que tiver os índices mais altos de taxa de cliques e conversão

  1. CTA (call to action)

O famoso CTA é uma chamada para ação, ou seja, um gatilho para que o cliente faça algo que seja o objetivo do e-mail marketing, como usar um cupom específico, adquirir um plano, acessar um site, baixar um e-book ou guia. Com apenas um único CTA no e-mail, a taxa de cliques pode aumentar em até 371% e as vendas em até 1.617%, em comparação com aqueles que não têm qualquer CTA, segundo informações da protocol 80

 Algumas opções de CTA são:

  • Saiba agora;
  • Teste grátis;
  • Veja o preço;
  • Últimas unidades
  • Novidade!;
  • 10% de desconto. 
  1. Responsividade

O design responsivo é aquele que permite a abertura e legibilidade do e-mail marketing em mais de uma plataforma, como computador, smartphone e tablet. Afinal, você não quer perder o seu cliente ou a venda porque ele não conseguiu abrir o e-mail, certo? 

Neste sentido, um estudo da Return Path, que avaliou mais de 27 bilhões de aberturas de e-mail, descobriu que mais de 55% dos e-mails são abertos em um dispositivo móvel – demonstrando a relevância da responsividade. Além disso, 70% dos destinatários excluem imediatamente um e-mail, se ele não for compatível com dispositivos móveis. 

Outros fatores que impactam a conversão

Você planejou a sua campanha, fez os testes e ajustes necessários, enviou os produtos certos (a partir da curva ABC) para os clientes adequados, alcançando uma boa taxa de cliques. Mas percebeu que, apesar do bom desempenho da ação, a conversão foi bem abaixo do esperado. O que houve? 

Segundo o Statista, os cinco fatores que mais impactam na compra são: 

  • preços competitivos; 
  • frete grátis; 
  • variedade de produtos; 
  • experiência online (como responsividade); 
  • comentários de outros compradores. 

Portanto, ainda que a equipe responsável pelo e-mail marketing não tenha, necessariamente, controle sobre esses elementos, é essencial que o marketing e vendas trabalhem em conjunto e troquem informações para atingir os melhores resultados. 

O e-mail marketing continua entre as estratégias mais eficientes do e-commerce. Porém, antes mesmo de conseguir fazer seu cliente comprar algo, você precisa que ele abra e interaja com os links do e-mail a partir de produtos e serviços interessantes e atrativos para o consumidor. Para aumentar a taxa de cliques e gerar conversão, você deve estruturar e testar campanhas e garantir que elas sejam responsivas. 

Se gostou desse artigo, continue acompanhando nosso blog e fique por dentro das nossas novidades, com dicas e conteúdo especializado em e-mail marketing! E entre em contato com nossa equipe de especialistas para que possamos apoiar o crescimento do seu negócio.

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

por-que-seu-cliente-se-descadastra-do-e-mail-marketing5 dicas para aumentar o nível de recompra do seu e-commerce