3 dicas poderosas para melhorar a entregabilidade do e-mail marketing

 Em Email Marketing

De todos os desafios que o email marketing nos traz, um dos maiores sem dúvida alguma é a entregabilidade. Entregabilidade é a capacidade de entregar um e-mail na caixa de entrada. Ter esta capacidade bem desenvolvida ajuda – e muito – a aumentar os resultados do email marketing.

Melhorar a entregabilidade é definitivamente um grande desafio, pois há muitas variáveis envolvidas, aparentemente sem regras muito claras. Na verdade, existe uma única regra ou premissa que é bastante aceitável: quanto mais sua audiência interagir através de aberturas e cliques e quanto menos reclamar que é “spam”, melhor será a entregabilidade.

Apenas este raciocínio já é suficiente para concluirmos que precisamos ter bom índice de aberturas e cliques, e baixo índice de reclamações se quisermos desenvolver uma entregabilidade interessante. Então a pergunta passa a ser outra: como gerar mais aberturas e cliques?

O primeiro passo e mais óbvio de todos é a qualidade da lista de contatos. Você precisa ter listas 100% opt-in, ou seja, compostas apenas por contatos que pediram para receber o seu conteúdo. Esqueça a possibilidade de atingir um alto nível de entrega na caixa de entrada com aquela lista antiga de um amigo ou com qualquer lista comprada. O ponto de partida nesta busca pela ótima entregabilidade é construir a sua lista opt-in. Esta lista sim terá o potencial de entregabilidade e de conversão que nós precisamos.

Considerando que você tenha a lista opt-in, podemos ir para o próximo passo. Para isso, preparei estas 3 dicas poderosas para você melhorar a entregabilidade das suas campanhas de email marketing. Experimente começar aplicando estas estratégias:

1. Pratique segmentação em suas listas

O velho conselho da segmentação é muito importante. Quanto mais você conseguir direcionar conteúdo relevante para as pessoas, ou seja, com base nos interesses delas, mais retorno terá em aberturas e cliques. Da mesma forma, segmentar as listas com base nas interações e falta de interações, para enviar conteúdos distintos a estes dois públicos, ajuda bastante.

Você precisa enviar conteúdos mais frequentes a quem é “engajado” e conteúdos menos frequentes e diferenciados a quem é “não-engajado”. Definir o que é um contato engajado e não-engajado é fundamental para que esta estratégia funcione. Considere, também, utilizar remetentes distintos nos envios para os ativos e para os inativos.

2. Utilize autenticações no DNS do seu domínio

Cada provedor de e-mail possui suas próprias exigências de autenticações, mas os maiores do mundo convergem em um ponto: todos exigem pelo menos as autenticações SPF e DKIM propriamente configuradas. Sua ferramenta de email marketing deve exigir que você tenha estas autenticações funcionando.

3. Contrate uma ferramenta de email marketing que se preocupa com entregabilidade

A sua ferramenta de email marketing precisa seguir as melhores práticas exigidas pelos provedores de e-mail. Entenda que, por mais que você faça bem a sua parte enquanto remetente, existem algumas tarefas que dependem apenas da ferramenta, como por exemplo a detecção de hard bounces e higienização das listas de contato.

Não é raro encontrarmos no mercado ferramentas de email marketing que não fazem o que deveriam fazer e, com isso, por mais que você faça um excelente trabalho com suas listas e seus conteúdos, pode ser que a entregabilidade nunca melhore. Tenha certeza que sua ferramenta de email marketing se preocupa com isso e que tenha políticas claras e efetivas contra o spam.

Estas 3 iniciativas vão fazer os provedores de e-mail (Hotmail, Gmail, Yahoo!, etc) perceberem que o nível de interação dos seus contatos aumentou. Assim, eles passarão a considerar sua reputação de remetente positiva, permitindo aos poucos uma entrega maior na caixa de entrada.

Lembre-se: a entregabilidade é uma consequência direta da sua reputação. Sem construir uma reputação positiva é impossível ter um bom nível de entrega na caixa de entrada!

Aplicando as 3 estratégias acima você terá dado importantes passos para alcançar melhores resultados de entrega. Vamos colocá-los em prática?

Leia também este artigo: 7 métricas de e-mail marketing que você deve ficar de olho

Deixe um comentário

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

Como fazer a gestão de e-mail marketing da sua empresacampanhas-de-email-marketing-saiba-como-otimizalas.jpeg })(jQuery);